segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Um tremendo Abacaxi...

Pois é... um tremendo abacaxi! Conheci a expressão há pouco tempo, mas já senti o seu significado!

Será que alguém me pode dizer qual é afinal a diferença entre ABACAXI e ANANÁS??

Segundo a Wikipédia, trata-se do mesmo fruto com denominações diferentes:

O termo abacaxi (em português) é, com forte probabilidade, oriundo do tupi ibacati, ‘fruto fedorento’ ????? (ibá, ‘fruto’, cati, ‘recender ou cheirar fortemente’), documentado já no início do séc. XIX. (por que não fruto de cheiro intenso,pergunto eu?)


O termo ananás é do guarani naná, e documentado em português na primeira metade do séc. XVI, em que é empréstimo do português do Brasil ou da sua língua geral.

O fruto, quando maduro, tem o sabor bastante ácido e muitas vezes adocicado. Em culinária pode ser utilizado como um poderoso amaciante de carnes. Habitualmente usa-se a polpa da fruta, mas seu miolo e as cascas podem ser aferventadas para produção de sucos.


Curiosidade: Apesar de apreciadíssimo pela maioria das pessoas, na gíria brasileira abacaxi significa 'algo que não dá bom resultado, coisa embrulhada ou que não presta'. Este fato provavelmente se deve a seu visual espinhoso e ressequido.

Ainda no Brasil:
«Quando compramos algo que não funciona bem, ou quando nos metemos em alguma enrascada, chamamos a situação ou coisa de “um tremendo abacaxi, ou “um abacaxi que você tem que descascar”. Esta é a fruta que escolhemos para representar situações incômodas.» (do site inFlux)

Continuando na Wikipédia:
Na linguagem corrente do Brasil tal como em Angola, costuma-se designar por ananás os frutos de plantas não cultivadas ou de vari
edades menos conhecidas ou de qualidade inferior. Por sua vez, a palavra abacaxi costuma ser empregada não apenas para designar o fruto de melhor qualidade, mas a própria planta que o produz.
O abacaxi é um fruto-símbolo de regiões tropicais e subtropicais, de grande aceitação em todo o mundo, quer ao natural, quer industrializado: agrada aos olhos, ao paladar e ao olfato. Por essas razões e por ter uma "coroa", cabe-lhe por vezes o cognome de "rei dos frutos", que lhe foi dado, logo após seu descobrimento, pelos portugueses. (in Wikipédia)


Para dizer a verdade, nunca percebi muito bem a diferença entre abacaxi e ananás, e continuo a não perceber... Se pesquisarmos no Google e escrevermos abacaxi, vamos parar à definição de ananás...

No entanto, no site da Vaqueiro pode ler-se: Mais doce e barato que o ananás, o abacaxi é um fruto rico em vitaminas e enzimas que auxiliam a digestão das proteínas.

Aqui há uns bons anos atrás, quando eu era nova :), só me lembro de ouvir falar em ananás, o aparecimento do abacaxi é relativamente recente, penso que por influência brasileira. O que tenho ouvido dizer é que o abacaxi é mais doce do que o ananás. Afinal qual é a diferença entre eles? Ou são apenas duas espécies do mesmo fruto?

Só sei que pedi abacaxi e me deram ananás da Costa Rica, cuja etiqueta dizia Super Sweet, Tropical Gold, etc. etc., mas era ácido como o raio!!! A sorte é que o leite condensado e os outros ingredientes adoçaram-no...


O Plano A era um Pudim de Abacaxi, cuja receitinha vi num livro que recebi de presente (da minha irmã) no meu aniversário: Sabores do Mundo - Brasil

Mas depois de provar o saborzinho amargo e ácido do ananás, mudei de ideias e resolvi fazer um

Bolo de Côco e Ananás

Ingredientes:

200g de açúcar
4 ovos grandes
180g de farinha com fermento

80g de côco ralado
1 chávena (café) de óleo
1 fatia de ananás partida em pedaços pequenos

Começa-se por bater bem os ovos com o açúcar. Vão-se acrescentando colheradas de farinha já misturada com o coco ralado.

Acrescenta-se o óleo e finalmente os pedacinhos de ananás.

Vai a forno médio em forma untada e polvilhada com farinha, durante 30 minutos (deixei um pouco mais e já estava a ficar demasiado moreno...)


Cobertura:
1 lata de leite condensado cozido
100 ml de natas batidas
1 chávena de ananás processado no liquidificador

Misturam-se todos os ingredientes e barra-se o bolo com esse creme. Fiz uns quantos furinhos no bolo com um garfo para que o creme se infiltrasse.

Por cima, coloquei cerca de 1 chávena de ananás processado na 1-2-3

Resumindo: dei tanta volta ao ananás que acho que já nem ele próprio sabia se era ananás ou abacaxi...


15 comentários:

  1. A definição da Vaqueiro é, para mim a mais correcta. A diferença nota-se pelo preço e pela forma. O ananás é mais pequeno e mais alaranjado. O abacaxi é muito mais doce :) Esse creme por cima do bolo deve ser maravilhoso!

    ResponderEliminar
  2. Pois, é isso! Se comeres um ananás dos Açores (por exemplo) vais achar mais azedo que o habitual abacaxi que se vê mais nos supermercados... E o abacaxi é maior e mais barato! =)

    ResponderEliminar
  3. Quando experimentei o ananás servido em Portugal, achei-o bem mais ácido que a nossa variedade mais vendida (Pérola - bem doce) e mais parecido com o tipo Hawaí (se bem que hoje já vi outra chamada Golden).
    Realmente tentar entender o abacaxi, é um "abacaxi"....hehe
    Vamos ficar na sua receita que deve ter ficado divina, seja com ananás ou abacaxi!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Eu já tinha ouvido falar em Ananás mas faz muito tempo! Não sei a diferença, mas sei que amo abacaxi!!!!

    ResponderEliminar
  5. Claudia na minha cidade natal tb usamos "pepino" para se referir a algum problema.
    Uma prima minha gostava muito de usar a palavra "ananás" para qualificar uma pessoa inconveniente ou algo assim. Era engraçado!
    "Abobrinhas" significam bobagens. Ex: Fulano só fala abobrinhas. E por ai vai. A lista é interminável, hehe.
    Ananás ou abacaxi tanto faz, não sei bem a diferença, mas sendo bem doce eu adoro! Seja em pratos doces ou salgados. É tudo de muito bom!
    Bjs :)

    ResponderEliminar
  6. Eu sempre ouvi dizer que o Abacaxi é mais doce, menos ácido e mais pequeno que o Ananás. Não sei se esta ideia está correcta, mas acho que sim.
    Só sei que o bolo ficou com bom aspecto com essa cobertura de ananás/abacaxi!!!

    ResponderEliminar
  7. Muito pertinente a sua explicação e mais ainda esta receita que deve ser deliciosa.
    Uma graça o seue spaço.
    Saudações Florestais !

    ResponderEliminar
  8. Olá, Cláudia, estás na cozinha? Hehehe:)
    Que bela lição sobre este fruto fabuloso, que, por acaso, é minha fruta favorita...
    Claro que, o bolinho me saltou à vista, não só pela simplicidade, como pela cobertura cremosa!:)

    ResponderEliminar
  9. Eu acho que alguém está virando Brasileira, ora pois!
    Amiga, não tem diferença nenhuma não, aqui é abacaxi, apenas isso, como aqui se fala caqui e ai tem outro nome a fruta.
    Tem essas diferenças bobas rs
    Bjss

    ResponderEliminar
  10. Bolo maravilhoso Claudia...e quanto ao abacaxi, usamos muito por aqui mesmo hehehhe...nos temos uma variedade no Brasil (pelo menos em Curitiba onde moro) chamado Perola, que é um abacaxi mais caro porem doce feito mel uma delicia...bom amiga, vim de conhecer o teu cantinho e já gostei de suas comidinhas e tem mariscos que eu adoro, vou te linkar e to seguidora, te convido para me visitar também,teespero por lá
    bjs
    Paula

    ResponderEliminar
  11. Olá Claudia
    Esse doce deve ser delicioso...
    Adoro ananas ou abacaxi.
    O que ficou dos ensinamentos do meu pai (expert em frutas),é que o abacaxi era uma das especies do fruto ananas,apenas uma variedade e penso que há muitas mais,já vi ananases de cores diferentes e anões.
    Ensinou-me a distinguir o aspecto: o ananas é pequeno e tem as folhas em cima curtas,enquanto que o abacaxi é maior e tem umas folhas enormes.Quanto ao sabor o abacaxi é mais doce,mas eu prefiro o ananas.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Fantástica a investigação que fizeste! :) Já se aprende qualquer coisa...

    ResponderEliminar
  13. Claudia,

    Olha, os sites se embolam e não ajudam a explicar nada direito.

    No Brasil o termo abacaxi é dominante, não se usa o ananás. Nos mercados só existe abacaxi para vender, não se vende ananás. Abacaxi bom, abacaxi ruim, abacaxi, doce, ácido, caro e barato. É tudo abacaxi. Ananás é o nome indígena original mas que não vingou no Brasil para comércio das frutas, mas saiu do Brasil e circulou pelo mundo.

    Aqui na Noruega abacaxi em norueguês é ananás, vai entender... Não usamos ananás nunca para designar a fruta, mas cientificamente sei que se usa o termo. Se você for num mercado no Rio ou em SP e pedir um ananás ninguém sabe do que se trata.

    Tipo o mamão e o papaia. Papaia é um tipo de mamão no Brasil mas fora é sinônimo de mamão. Em relação ao abacaxi é o caminho oposto...
    Deu para entender?

    Ah, e bolo de abacaxi com coco é um clássico...

    Bj,

    C.

    ResponderEliminar
  14. Gostei da aulinha, apesar de não ter me tirado totalmente a dúvida. rs
    A receita parece muito boa com abacaxi ou ananás.

    ResponderEliminar